Fundação Cultural abrirá inscrições para 44 oficinas no Curro Velho e na Casa da Linguagem

Foto: Augusto Miranda / Ag. Pará

A Fundação Cultural do Pará (FCP) abrirá inscrições para o primeiro ciclo de oficinas de 2024, entre os dias 27 de fevereiro e 8 de março,. Os interessados podem se inscrever presencialmente, nas sedes do Núcleo de Oficinas Curro Velho e da Casa da Linguagem. Mais informações sobre oficinas disponíveis, datas, horários e locais estão disponíveis em https://drive.google.com/file/d/1O2sMLqrvHt7Wu8iiFdCxzQoCWtuAvEba/view?usp=sharing

Com 44 oficinas disponíveis, as atividades serão realizadas entre os dias 11 de março e 1º de abril, no Curro Velho e na Casa da Linguagem, abordando diversas formas de expressão artística e cultural.

Os participantes terão a oportunidade de explorar desde artes visuais até linguagem musical, passando por artes cênicas e fotografia. Há opções para crianças, jovens, adultos e idosos, além de oficinas inclusivas que promovem a sociabilidade.

Neire Lopes, instrutora da Oficina de Audiodescrição, explica que a ferramenta é forte aliada na quebra das barreiras comunicacionais. Desta forma, acrescentou a instrutora, a Fundação Cultural do Pará estimula novos propagadores da sensibilidade, direito assegurado aos consumidores e consumidoras. “Estamos na era da sensibilidade, e a FCP está promovendo a Oficina de Audiodescrição, que é um recurso importante para as pessoas com deficiência visual, mas que não se limita a elas, pois também atende às pessoas com autismo e outras neurodivergências”, informa.

Sheila Castillo, instrutora da Oficina de Confecção de Bolsas, conta que o curso visa criar e produzir um modelo de bolsa com reaproveitamento de tecidos de sombrinha. “Trabalhamos desde a modelagem, costura e acabamentos, além de gerar sociabilidade e renda no aprendizado da costura autoral”, disse Sheila, que é instrutora de artesanato e artesã com atuação em costura, modelagem e pintura. Ela tem ainda experiência no desenvolvimento de projetos de acessórios, vestuário e artesanatos, utilizando técnica de costura, modelagem e pintura em tecidos, e de camisetas, telas e cartonagem.

Incentivo – Andrei Miralha, coordenador de Oficinas Culturais de Iniciação Artística da FCP, estimula a participação nas oficinas. “Venham, se inscrevam, participem das oficinas do Curro Velho e da Casa da Linguagem; se permitam essa experiência com arte para crianças, jovens, adultos, idosos, pessoas com deficiência. É um espaço muito aberto, democrático e inclusivo, em que você pode experimentar diversas linguagens artísticas, como as artes visuais, o desenho, a pintura, a serigrafia, a gravura, o audiovisual, o laboratório de animação. Você pode participar de oficinas de Dança, Teatro, Música. É um ambiente muito bacana, e que vocês podem ter experiências que vão ser memoráveis. Pode acreditar”.

As oficinas são gratuitas para alunos de escolas públicas (dos ensinos fundamental e médio), mediante apresentação de comprovante de matrícula ou carteirinha da escola no ato da inscrição. Além disso, crianças menores de 12 anos, pessoas com deficiência e idosos a partir de 60 anos são isentos de taxa.

Para universitários, alunos de escolas particulares e demais interessados é cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 20,00, a ser paga em dinheiro no ato da inscrição. É importante destacar que não serão aceitos pagamentos via PIX ou cartão. Também é fundamental que os participantes tenham um compromisso com a frequência às aulas, pois aqueles que alcançarem o percentual mínimo de 80% de presença receberão o certificado de conclusão da oficina.

Serviço: As inscrições poderão ser feitas das 9 h às 17 h, nas sedes do Núcleo de Oficinas Curro Velho (Rua Professor Nelson Ribeiro, nº 287, bairro do Telégrafo) e da Casa da Linguagem (Avenida Nazaré, nº 31), próximo à Praça da República.

Por Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *