Selo nacional do CNMP é concedido ao projeto do Ministério Público e Ufopa de Santarém

Ganhou relevância nacional o projeto Kiriku – Afroteca Willivane Melo, do Ministério Público do Pará – MPPA, em Santarém e a Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa. A Corregedoria do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), com sede em Brasília (DF), agraciou a iniciativa.

Concedeu o Certificado de Boas Práticas Resolutivas, entregue ao procurador geral de Justiça do Pará, César Mattar Jr., e repassado, nesta semana, à promotora de Justiça Lílian Regina Furtado Braga. O prêmio destaca projetos e iniciativas constatadas pela Corregedoria do CNMP.

Isso, no decorrer das atividades correicionais feitas em todas as unidades do MP no país. Quatros projetos no Pará receberam o Certificado de Boas Práticas Resolutivas: Pobreza menstrual, absorvendo dignidade, Kiriku – Afroteca Willivane Mello, Qualifica, PC on line e Educação entre Pares.

Foto: reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *