Kleber Mendonça Filho critica tempo menor de exclusividade dos cinemas

Foto: Divulgação

O diretor Kleber Mendonça Filho criticou a atual estratégia dos estúdios de Hollywood em reduzir as janelas de exclusividade dos lançamentos nos cinemas para o streaming e o aluguel digital. O cineasta comentou o caso em resposta a uma notícia do Omelete, sobre a previsão de lançamento de Furiosa: Uma Saga Mad Max no aluguel digital —o filme de George Miller estreia no streaming em 22 de junho, menos de um mês após sair no circuito.

“O mercado é estúpido como uma porta. Se acha que vai ter fome, come a própria mão e depois o braço”, escreveu Mendonça Filho no X, o antigo Twitter. “A exibição cinematográfica não está morrendo por acaso, está sendo asfixiada. A janela nos cinemas precisa ser protegida.”

O diretor ainda respondeu um usuário da plataforma com mais críticas ao atual modelo de distribuição da indústria americana. “Eles são burros, não entendem de cinema, da história que fez esse business, são gente do setor imobiliário, ou de fertilizantes”, ele complementou.

Com Anya Taylor-Joy no papel principal e Chris Hemsworth como Dementus – um cara violento e brutal, segundo o próprio ator, Furiosa: Uma Saga Mad Max tem a volta de George Miller na direção, que também co-assina o roteiro e produz o longa ao lado de Doug Mitchell. O filme está em exibição nos cinemas.

Por OMELETE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *