Exposição no São José Liberto apresenta joias inspiradas no Dia dos Namorados

Foto: Divulgação

Com o tema “Serei Amor”, a exposição de joias alusiva ao Dia dos Namorados foi aberta no Anfiteatro Coliseu das Artes, no Espaço São José Liberto (ESJ), em Belém.

Com entrada franca, o público pode conferir a exposição até o dia 12 de junho, de terça a sábado, das 10h às 18h, e aos domingos e feriados, das 10h às 14h. O evento é uma realização dos lojistas do ESJL, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), responsável pela gestão direta do espaço.

A coleção, composta por cerca de 40 peças autorais, inclui anéis, brincos, pulseiras, pingentes, cordões e outros itens, criados e produzidos por designers, ourives, lapidários e demais profissionais que atuam no Programa Polo Joalheiro do Pará.

Na composição, são utilizados metais nobres como ouro branco, ouro amarelo e prata, adornadas com uma variedade de gemas naturais, incluindo ametista, esmeralda, quartzo, rosa, green gold, rubi, safira, topázio, entre outras. As peças exibem designs únicos desenvolvidos com técnicas inovadoras, algumas com a aplicação de técnicas artesanais paraenses.

O público que compareceu à abertura da exposição foi recepcionado ao som de músicos da Cooperativa de trabalho de arte da Amazônia(Coopam).

Segundo a coordenadora de projetos estruturantes da Sedeme, Poliana Gualberto, o evento pretende promover os segmentos de joias e gemas, valorizando a produção autoral, além de estimular a economia local e, consequentemente, a geração de emprego e renda.

“O Pará tem designers de joias talentosos. Todas às vezes que visito o Polo Joalheiro, me surpreendo com a arte e criatividade em forma de joias produzidas por profissionais paraenses. Precisamos prestigiar mais os nossos artistas locais”, disse a técnica cultural Jane Silva, ao visitar a exposição.

“A exposição traz visibilidade para o nosso trabalho. É uma forma de apresentarmos nossa arte para uma carteira maior de clientes ou possíveis compradores”, disse o designer José Leuan, que integra os profissionais que atuam no São José Liberto. Ele traz para a exposição o conjunto de brincos, cordão e pingente em ouro 18k  adornado com pedras naturais como o  topázio azul, além de peças em prata com desenhos da iconografia  marajoara e outras.

Participam da exposição Júlia Mendes, da Amorimendes; José Leuan Monteiro, da Joalheria Brilho da Mata; Maria da Conceição, da Belém da Saudade; Joseli Limão, da Danatureza; Lindalva Azevedo, da Amazônia; Leila Salame, da Gemas do Mundo; Marcelo Monteiro, da Ourogema; Ramirez Garcia, da Rhama Joias; Tânia Amaral, da Amazonita; além dos empreendedores da Loja Colaborativa, gerenciada por Aladir Assunção.

Foto: Divulgação

Por Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *